sábado, 31 de janeiro de 2009

TEMA ABORTO TEXTO DO PE. LUIZ CARLOS LODI DA CRUZ - PRESIDENTE DO PRÓ-VIDA DE ANÁPOLIS

“Cadeia para as mulheres que fazem aborto?”
(a armadilha dos abortistas)

Durante a campanha eleitoral de 2008, uma candidata a vereadora ofereceu um folheto a uma senhora que passava por uma praça do Rio de Janeiro. A transeunte era Mônica Torres Lopes Sanches, intrépida defensora da vida, mãe de Giovanna, uma menina anencéfala nascida em 25/03/2005. Ao perceber pelo folheto que a candidata defendia o aborto, Mônica deu meia volta e foi

2005. Ao perceber pelo folheto que a candidata defendia o aborto, Mônica deu meia volta e foi manifestar sua discordância.

A candidata replicou: “O que pretendemos é apenas descriminar o aborto. Queremos que as pessoas que praticam aborto não sejam mais penalizadas”. Quando o assunto da conversa se tornou a morte de (supostamente) muitas gestantes por causa do aborto clandestino, praticado em condições “inseguras”, Mônica relatou o caso de uma mulher que, apesar de ter praticado aborto com um “excelente” médico, sofreu terrivelmente com a curetagem e passou muitos anos sem conseguir dar à luz.

A candidata então preparou uma armadilha em forma de pergunta: “Você acha que essa mulher tinha que ser presa?”. Mônica respondeu prontamente: “É claro! Ela matou o filho dela!”.

Decepcionada porque Mônica não mordera a isca, a candidata recebeu de volta o folheto juntamente com a garantia de que não ganharia o voto daquela eleitora.

O medo de falar em “pena” para o aborto

A estratégia abortista de concentrar a atenção na pena para as mulheres que abortam têm-se mostrado eficiente, sobretudo diante de pessoas pró-vida incautas. Evita-se falar (pelo menos em um primeiro momento) em um direito ao aborto. Fala-se, em vez disso, em evitar o sofrimento imposto pela lei àquelas que praticam esse crime. Apela-se para o sentimento de misericórdia e pede-se que a pena seja excluída da legislação. Em vez de “legalizar” o aborto, fala-se em “descriminar” ou “despenalizar” o aborto.

Essa estratégia funcionou em Portugal. No referendo de 11 de fevereiro de 2007 (dia de Nossa Senhora de Lourdes!), os portugueses foram chamados a decidir sobre o aborto. Na pergunta, em vez de “legalização”, falou-se em “despenalização”. Dos portugueses que votaram (menos da metade do eleitorado), a maioria (59,5%) respondeu “sim” ao aborto.

Na Itália, o aborto foi legalizado graças ao Partido Radical (semelhante ao PT no Brasil) em 1978. A horrenda lei 194, promulgada em 22 de maio daquele ano, permite que o aborto seja praticado pelas mais estranhas razões e pretextos, sempre com o financiamento do Estado. O “Movimento per la vita” italiano mordeu a isca dos abortistas. Tem evitado sistematicamente falar em uma “pena” para o aborto. Pretende, “de um lado, um reconhecimento claro e firme do direito à vida; de outro lado, a renúncia, em linha de princípio, ao direito penal para a sua defesa”. Não ousa propor uma revogação da lei. Propõe uma “reforma” que dê à lei instrumentos aptos a garantir o direito à vida do concebido, mas “sem a ameaça penal”.

Ora, pretender combater o aborto sem considerá-lo crime e sem punir quem o pratica é algo quase inócuo. Essa atitude não leva em conta a doutrina da Igreja Católica sobre a função da pena.

Para que serve a pena?

“É direito e dever da autoridade pública legítima infligir penas proporcionadas à gravidade do delito. A pena tem como primeiro objetivo reparar a desordem introduzida pela culpa. Quando esta pena é voluntariamente aceita pelo culpado, adquire valor de expiação. A pena tem ainda como objetivo, para além da defesa da ordem pública e da proteção da segurança das pessoas, uma finalidade medicinal, posto que deve, na medida do possível, contribuir para a emenda do culpado” (Catecismo da Igreja Católica, n. 2266. Destaque nosso).
Do texto citado acima, verificamos que:

a) a aplicação de penas aos delitos não é somente um direito, mas um dever do Estado;

b) a pena deve ser proporcional à gravidade do delito (o aborto foi qualificado pelo Concílio Vaticano II como crime “nefando” e pelo Papa João Paulo II como crime “abominável”);

c) o objetivo principal da pena não é prevenir que se cometam novos crimes, mas reparar a desordem introduzida pela culpa.

Essa função retributiva da pena – que é a principal, embora não seja a única – tem sido transcurada por muitos penalistas modernos. Quanto ao aborto, o Catecismo fala explicitamente do dever do Estado de prever sanções penais:

“Como conseqüência do respeito e da proteção que devem ser garantidos ao nascituro, desde o momento da sua concepção, a lei deve prever sanções penais apropriadas para toda a violação deliberada dos seus direitos” (Catecismo, n. 2273).

A gravidade objetiva do crime do aborto

Objetivamente falando, o aborto é o mais covarde de todos os assassinatos. Em relação ao homicídio simples, punido com 6 a 20 anos de reclusão (art. 121, CP), ele tem vários agravantes. Os meios empregados são insidiosos ou cruéis, incluindo envenenamento, tortura ou asfixia (art. 121, §2º, III, CP). O ofendido sempre é absolutamente indefeso (art. 121, §2º, IV, CP). É praticado contra um descendente (art. 61, II, e, CP), contra uma criança (art. 61, II, h, CP), e muitas vezes por um médico que tem por ofício o dever de defender a vida (art. 61, II, g, CP).

No entanto, a pena é extremamente pequena: 1 a 3 anos de detenção para a gestante (art. 124, CP) e 1 a 4 anos de reclusão para o terceiro que provoca aborto nela com o seu consentimento (art. 126, CP). Com uma pena mínima de apenas um ano, quem pratica o crime pode beneficiar-se da suspensão condicional do processo prevista no artigo 89 da Lei dos Juizados Especiais (Lei 9099/1995). Foi o que aconteceu com várias mulheres acusadas de praticarem aborto em Campo Grande (MS), na clínica da Dra. Neide Mota Machado. Aceitando proposta do Ministério Público, o processo ficou suspenso por dois anos, com as seguintes condições: “a) comparecimento pessoal em juízo a cada trinta dias para comprovar endereço ou trabalho; b) comparecimento numa creche durante o primeiro ano para prestar serviços à comunidade, por quatro horas, um dia na semana, cujos trabalhos serão definidos de acordo com sua aptidão; c) não se ausentar da comarca por mais de quinze dias, sem comunicação ao juízo”. Mesmo assim as feministas não se deram por satisfeitas. Invocando a Convenção Internacional contra a Tortura, elas chegaram ao cúmulo de dizer que “a prestação de serviços comunitários em creches pode ser equipara à condição de tortura psicológica (!)”.

O deputado Pompeu de Mattos (PDT/RS), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias, que havia pedido ao juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, que as mulheres não fossem indiciadas, resolveu agora apresentar um proposta legislativa para reduzir ainda mais a pena do aborto. É o Projeto de Lei 3673/2008, que pretende reduzir para dois anos de detenção (em vez de três) a pena máxima para a gestante que pratica um aborto. Se convertido em lei, o aborto passará a ser um crime “de menor potencial ofensivo” (!), dispensando até mesmo a realização de um inquérito policial. A proposta de Pompeu serve de preparativo para a descriminalização do aborto.

O aborto do ponto de vista subjetivo

A Igreja pune o crime do aborto com a pena canônica da excomunhão automática (cânon 1398), que atinge os que intervêm materialmente (médicos, enfermeiras, parteiras...) ou moralmente (como o marido ou o pai que ameaçam a gestante, constrangendo-a a abortar). “A Igreja não pretende, deste modo, restringir o campo da misericórdia. Simplesmente, manifesta a gravidade do crime cometido, o prejuízo irreparável causado ao inocente que foi morto, aos seus pais e a toda a sociedade” (Catecismo, n. 2272). No entanto, segundo o canonista Pe. Jesus Hortal, “a mulher, não raramente, não incorrerá na excomunhão por encontrar-se dentro das circunstâncias atenuantes do cân. 1324 § 1º, 3º e 5º”. Tais circunstâncias são: a posse imperfeita do uso da razão, o forte ímpeto da paixão ou a coação por medo grave. A culpa maior cabe ao aborteiro, que lucra com a morte da criança e o desespero da mãe que o procura.

Uma coisa, porém, é reconhecer a existência de circunstâncias subjetivas que diminuam a culpa e, portanto, a pena a ser aplicada. Outra coisa é excluir da lei qualquer pena para o crime, como pretendem os abortistas. Isso é muito bem explicado em um documento do Pontifício Conselho para a Família, de 13 de maio de 2006:

“Hoje se pretende de qualquer modo banalizar o aborto com o pretexto de que a autoridade não deve penalizar este delito abominável. Estar nessa linha significa reduzir ou negar que o delito, pelo próprio fato de ser delito, requer uma pena. Não é concebível que um delito possa restar impune. Um outro aspecto se refere à seguinte questão: o juiz, quando examina os casos, tem a possibilidade, isto sim, de ver quais são os aspectos agravantes ou atenuantes e dispor conseqüentemente. Banalizar assim o aborto transformaria o delito em direito”.

Como não cair na armadilha abortista

Diante de um interlocutor de age com má-fé, convém fazer como fez Jesus muitas vezes com os fariseus: devolver-lhe a pergunta. Essa atitude deixa patente a insensatez da posição abortista e transforma o acusador em acusado.

ARMADILHA ABORTISTA
RESPOSTA PRÓ-VIDA

Você acha que as mulheres que fazem aborto devem ser punidas?
ERRADA: Não, eu não quero que elas sejam punidas. Quero apenas que os abortos não sejam praticados.
CERTA: Pelo que entendi, você quer saber se eu defendo a impunidade de quem mata o próprio filho. É essa a sua pergunta?
Roma, 17 de janeiro de 2009.Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz.Presidente do Pró-Vida de Anápolis

A pergunta foi a seguinte: “Concorda com a despenalização da interrupção voluntária da gravidez, se realizada, por opção da mulher, nas dez primeiras semanas, em estabelecimento de saúde legalmente autorizado?”.
CASINI, Carlo. Prospettive di riforma dell’attuale legislazione sull’aborto: il dibattito italiano ed europeo. 2º suppl. al mensile “La Speranza” n. 1 gennaio 1995, Firenze, p. 13.
Cf. CASINI, Carlo. Chiudiamo l’era della 194. Si alla vita, n. 1, gennaio 2008, Roma, p. 13.
Constituição Pastoral Gaudium et Spes, n. 51.
Discurso no II Encontro Mundial do Papa com as Famílias, Rio de Janeiro, 04 out.1997.
FERREIRA, Marta. Em MS 25 mulheres já foram denunciadas por aborto. Campo Grande News. 14 maio 2008, 18h42min. Disponível em: .
VINCENSI, Cheline. CDDH oferece assistência jurídica para mulheres indiciadas na clínica de aborto. Correio do Estado. 20 maio 2008, 17h50min. Disponível em: .
CÓDIGO de Direito Canônico: promulgado por João Paulo II, Papa. São Paulo, Loyola, 1983. p. 609.
Família e Procriação Humana, n. 23. Destaques do original

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
Presidente do Pró-Vida de Anápolis

ORAÇÃO CARISMÁTICA E LOUVORZÃO

Todos os sábados a partir das 19:00 horas têm “Oração Carismática e Louvorzão” na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

MISSA SÁBADO

Hoje sábado 31/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Infância Missionária. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 4, 35-41)

Sábado, 31 de Janeiro de 2009
São João Bosco


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

35Naquele dia, ao cair da tarde, Jesus disse a seus discípulos: "Vamos para a outra margem!" 36Eles despediram a multidão e levaram Jesus consigo, assim como estava na barca. Havia ainda outras barcas com ele. 37Começou a soprar uma ventania muito forte e as ondas se lançavam dentro da barca, de modo que a barca já começava a se encher. 38Jesus estava na parte de trás, dormindo sobre um travesseiro. Os discípulos o acordaram e disseram: "Mestre, estamos perecendo e tu não te importas?"39Ele se levantou e ordenou ao vento e ao mar: "Silêncio! Cala-te!" O vento cessou e houve uma grande calmaria. 40Então Jesus perguntou aos discípulos: “Por que sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?" 41Eles sentiram um grande medo e diziam uns aos outros: "Quem é este, a quem até o vento e o mar obedecem?"

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

TERÇO REZADO PELOS HOMENS MÃE RAINHA

Quando já parecia ser impossível trazer o homem de volta à Igreja, surge subitamente um novo movimento, tipicamente masculino, o chamado “Terço dos Homens”.

Toda sexta-feira, às 18:00 horas, tem o Terço dos Homens, na Igreja Matriz, movimento que mais cresce na Igreja Católica, e que está resgatando o homem para o convívio com Nosso Salvador.

Você é nosso convidado todo especial. Venha e chame um amigo para juntos rezarmos por intercessão de Maria Santíssima.

Rezando busco seguir os passos de Jesus!

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE

Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, às 19:00 horas, que acontece hoje na casa de Dona Maria de Jesus no Sítio Marrecas. Saída às 17:30hs do Salão Paroquial.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 4, 26-34)

Sexta-Feira, 30 de Janeiro de 2009
3ª. Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 26Jesus disse à multidão: "O Reino de Deus é como quando alguém espalha a semente na terra. 27Ele vai dormir e acorda, noite e dia, e a semente vai germinando e crescendo, mas ele não sabe como isso acontece.
28A terra, por si mesma, produz o fruto: primeiro aparecem as folhas, depois vem a espiga e, por fim, os grãos que enchem a espiga. 29Quando as espigas estão maduras, o homem mete logo a foice, porque o tempo da colheita chegou".
30E Jesus continuou: "Com que mais poderemos comparar o Reino de Deus? Que parábola usaremos para representá-lo? 31O Reino de Deus é como um grão de mostarda que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes da terra. 32Quando é semeado, cresce e se torna maior do que todas as hortaliças, e estende ramos tão grandes, que os pássaros do céu podem abrigar-se à sua sombra'.
33Jesus anunciava a Palavra usando muitas parábolas como estas, conforme eles podiam compreender. 34E só lhes falava por meio de parábolas, mas, quando estava sozinho com os discípulos, explicava tudo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

O QUE SIGNIFICA SER “CATÓLICO”?

Um jovem me fez esta pergunta. Disse que há algum tempo está em crise de fé e tem buscado a solução em igrejas evangélicas. Em uma delas, ao confessar-se católico, ouviu dizer que a palavra “católico” nem sequer está na Bíblia. Ficou com esta dúvida intrigante. Queria uma resposta pois já estava começando a pensar que seus amigos tinham razão e que seria melhor mesmo mudar de igreja.
Pedi que ele abrisse a sua Bíblia no Evangelho de Mateus, capítulo 28, versículos 18b-20. Utilizarei aqui a tradução mais popular nas bíblias evangélicas (Almeida, corrigida e fiel):

“É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.”

Você percebeu que fiz questão de colocar em negrito uma palavrinha que aparece de modo insistente no texto: TODO. Jesus tem todo o poder; devemos anuncia-lo a todos os povos, guardar todo o seu ensinamento na certeza de que estará todos os dias conosco. Esta ordem de Jesus foi levada muito a sério pelos discípulos. Em grego a expressão “de acordo com o todo”, pode ser traduzida por “Kat-holon”. Daí vem a palavra “católico” (em grego seria: Καθολικός). Ao longo do primeiro e segundo séculos os seguidores de Jesus Cristo começaram a ser reconhecidos como “cristãos” e “católicos”. As duas palavras eram utilizadas indistintamente. Ser católico já significava “ser plenamente cristão”. O catolicismo, portanto, é o cristianismo na sua “totalidade”. É a forma mais completa de obedecer o mandato do Mestre antes de sua volta para o Pai. O mesmo mandado pode ser lido no Evangelho de Marcos 16,15:
“Ide e pregai o evangelho a toda criatura”. Há, portanto, uma catolicidade vertical, que é ter o Cristo todo, ou seja ser discípulo; e uma catolicidade horizontal, que é levar o Cristo a todos, ou seja, ser missionário. Isso é ser católico: totalmente discípulo, totalmente missionário, totalmente cristão!

Ao que tudo indica o termo “católico” se tornou mais popular a partir de Santo Inácio de Antioquia (discípulo de São João), pelo ano 110 dC. Pode significa tanto a “universalidade” da Igreja como a sua “autenticidade”. Quase na mesma época São Policarpo utilizava o termo “católico” também nestes dois sentidos. Santo Agostinho utilizou o termo “católico” mais de 240 vezes em seus escritos, entre 388-420. São Cirilo de Jerusalém (315-386), bispo e doutor da Igreja, dizia: “A Igreja é católica porque está espalhada por todo o mundo; ensina em plenitude toda a doutrina que a humanidade deve conhecer; conduz toda a humanidade à obediência religiosa; é a cura universal para o pecado e possui todas as virtudes” (Catechesis 18:23). Veja que já está bem claro os dois sentidos de “Católico” como “universal e ortodoxo”. Durante mil anos os dois significados estiveram unidos. Mas por volta do ano 1000 aconteceu um grande cisma que dividiu a igreja em “ocidental e oriental”. A Igreja do ocidente continuou a ser denominada “Católica” e a Igreja do oriente adotou o adjetivo de “Ortodoxa”. Na raiz as duas palavras remetem ao significado original de Igreja “autêntica”.

Santo Tomás de Aquino (1225-1274), grande teólogo ocidental, desenvolveu uma teologia da catolicidade. A Igreja seria “universal” em três sentidos: a) Está em todos os lugares (cf. Rm 1,8) e pode ser militante na Terra, padecente no purgatório e triunfante no céu; b) Inclui pessoas dos três estados de vida (Gal 3,28): leigos, religiosos e ministros ordenados; c) Não tem limite de tempo desde Abel até a consumação dos tempos.

A Igreja católica reconhece que cristãos de outras igrejas pode ter o batismo válido e possuir sementes da verdade em sua fé. Porém, sabe que apenas a Igreja católica conserva e ensina sem corrupção TODA a doutrina apostólica e possui TODOS os meios de salvação.

Devemos viver e promover a sensibilidade ecumênica promovendo a fraternidade com os irmãos que pensam ou vivem a fé cristã de um modo diferente. Mas isso não significa abrir mão de nossa catolicidade. Quando celebramos a Eucaristia seguimos à risca o mandato do Mestre que disse: “Fazei isso em memória de mim!” A falta da Eucaristia deixa uma grande lacuna em algumas Igrejas. Um pastor evangélico, certa vez, me disse que gostaria de rezar a ave-maria, mas por ser evangélico não conseguia. Perguntei por quê? Ele disse que se sentia incomodado toda vez que lia o Magnificat em que Maria proclama: “Todas as gerações me chamarão de bendita” (Lc 1,48)… e se questionava o por quê sua geração tão evangélica não faz parte desta geração que proclama bem-aventurada a Mãe do Salvador!

Realmente, ser católico é ser totalmente cristão!
Padre Joãozinho
FONTE: blog.cancaonova.com/padrejoaozinho

EVANGELHO DO DIA (Mc 4, 21-25)

Quinta-Feira, 29 de Janeiro de 2009
3a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus disse à multidão: 21"Quem é que traz uma lâmpada para colocá-la debaixo de um caixote, ou debaixo da cama? Ao contrário, não a põe num candeeiro? 22Assim, tudo o que está escondido deverá tornar-se manifesto, e tudo o que está em segredo deverá ser descoberto. 23Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça". 24Jesus dizia ainda: "Pres¬tai atenção no que ouvis: com a mesma medida com que medirdes, também vós sereis medidos; e vos será dado ainda mais. 25Ao que tem alguma coisa, será dado ainda mais; do que não tem, será tirado até mesmo o que ele tem".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

IDENTIDADE CATÓLICA E CAMPANHAS PERIGOSAS

Por Dom Eugênio Sales

Ao tratar do relacionamento dos seus discípulos com o mundo, Jesus assim se expressa: ''Não sois do mundo e minha escolha vos separou do mundo. O mundo, por isso, vos odeia'' (Jo 15,19).
E adiante: ''No mundo tereis tribulações, mas tende coragem: eu venci o mundo'' (Idem, 16,33).

Essas e tantas outras passagens bíblicas indicam claramente haver uma linha divisória entre os que seguem os ditames de Cristo e os que obedecem aos preceitos de um mundo paganizado. Entretanto, os integrantes da sociedade civil, tão diversificada, precisam saber conviver entre si e os fiéis a Jesus devem preservar sua identidade, mesmo às custas de grandes sacrifícios.

No século III a posição dos cristãos é admiravelmente exposta na Epístola a Diogneto (no. 5,5): ''Os cristãos não se diferenciam dos outros homens, nem pela pátria, nem pela língua, nem por um gênero de vida específico (...) casam-se como toda gente e criam seus filhos, mas não rejeitam os recém-nascidos. Têm em comum a mesa, não o leito (...). Numa palavra, os cristãos são, no mundo, o que a alma é no corpo (...). O mundo, sem ter razão para isso, odeia os cristãos, precisamente porque se opõem a seus prazeres.'' E ainda é dele esta passagem: ''Não matarás o embrião, por aborto''.

Essas citações bíblicas e patrísticas devem merecer, de nossa parte, uma particular reflexão. Cresce a propaganda de um modo de viver frontalmente contrário aos ensinamentos de Cristo. Surgem ardorosos defensores de falsos valores ou inversão dos mesmos. São numerosas as vozes que advogam posições claramente anticristãs. Em conseqüência, faz-se mister alertar, para não incorrer na admoestação de Isaías (56,10): ''Todas as sentinelas são cegas, nada percebem; todas elas são como cães mudos''.

A preservação da identidade católica é uma exigência fundamental, principalmente em nossa época e requer firme decisão e renúncia. Uma tentação especialmente perigosa é fazer concessões ilegítimas para tentar conservar a harmonia e a paz. Esta, na verdade, é falsa e danosa quando é obtida por condescendência em matéria que pertence ao corpo doutrinário. Caso contrário, desfiguramos a sagrada face do Salvador, pois não se trata de assunto secundário e de livre opção.

Recentemente, repetidas vezes, tem sido apresentada a questão da gravidez de adolescentes, a multiplicação das ''mães-crianças'', e os graves problemas daí decorrentes. Evidentemente, o bom senso indica que há necessidade de formação moral desde a infância, do fortalecimento do caráter, da educação que impede o domínio do instinto na conduta pessoal. No entanto, o que é apresentado como solução, é exatamente o oposto.

Anunciam meios que despertam e excitam a sexualidade, favorecem a satisfação do erotismo emergente, excluindo as conseqüências indesejáveis, principalmente nessa idade. É a destruição de um comportamento que deve ser o alicerce da futura maternidade.

Campanhas são promovidas, inclusive por organismos oficiais, com o ensino minucioso de como se pode usufruir do prazer, de maneira irresponsável, sem dissabores. Essas campanhas bem orquestradas - e para elas não faltam recursos financeiros - talvez possam reduzir o número de nascimentos, mas será às custas da deformação da vida juvenil, da afronta à Lei de Deus, com conseqüências negativas para a própria sociedade.

Esse raciocínio se aplica à preservação da saúde. Uma nobre causa é utilizada na difusão de métodos rotulados de ''sexo seguro'', quando, na verdade, não o é. O individuo não está totalmente ao abrigo da enfermidade e, o que é grave, tal procedimento promove o desregramento sexual, com toda as suas seqüelas na propagação das doenças que se pretende evitar.

O recente ''Lexicon sobre Termos Ambíguos e sobre a Família, a Vida e Questões Éticas'', publicado pelo Pontifício Conselho para a Família, inclui um alentado estudo sobre ''sexo seguro''. Ora, ele não é integralmente confiável, pois depende de vários fatores, como a resistência e a impermeabilidade do material utilizado, o que põe em dúvida a segurança prometida. O estudo in vitro da resistência e permeabilidade; a degradação do látex: a possibilidade de ruptura e esgarçamento ''in vivo'' comprometem seu desempenho como contraceptivo e profilático. E conclui que se servir de tal proteção é usar uma ''roleta russa'', pois há sempre a possibilidade de contágio. Confiados na certeza anunciada e na facilidade oferecida, adolescentes e jovens multiplicam as relações sexuais com suas conseqüências.

Um outro exemplo, entre tantos, que merece uma reflexão à luz da coerência com a nossa crença católica, sem duvida, é a exaltação do homossexualismo. Evidentemente, nós, cristãos, devemos acolher quem nasce com um distúrbio ou outra qualquer deficiência, especialmente se acarreta dificuldades no convívio social. Nascer com tendência homossexual ou ter sofrido um desvio homossexual não significa algo ofensivo a Deus e aos homens. A lei natural e divina proíbe pessoas do mesmo sexo terem relações sexuais. O pecado está em não resistir a essa tendência, pois não falta a graça de Deus para praticar a ordem moral que Ele estabeleceu. Por outro lado, ser homossexual não é motivo de orgulho.

Esses são apenas alguns exemplos. Muitos outros induzem o discípulo de Cristo a que se cale ou ceda às pressões e abandone a trilha que a fé nos ensina.

O cristão vive num mundo hostil, contrário ao Evangelho de Jesus Cristo, mas não está sozinho. Em conseqüência, mesmo incompreendido ou hostilizado, guarda a tranqüilidade, que nasce da segurança, fruto da infinita bondade de Deus. Compreendido ou não, caminha segundo os passos do Redentor. Está certo da vitória, tranqüilo pela garantia que lhe foi assegurada: ''Tende coragem: eu venci o mundo''. E assim preserva sua identidade católica.

Para citar este artigo:
SALES, Dom Eugênio. Apostolado Veritatis Splendor: IDENTIDADE CATÓLICA E CAMPANHAS PERIGOSAS . Disponível em http://www.veritatis.com.br/article/5545. Desde 01/12/2008.

MENSAGENS ANGELS‏

Querido(a) Amigo(a):

Carlos era um garoto estudioso. Seu problema era a falta de paciência.

Se ele estivesse fazendo a lição de casa e algo saísse errado, logo se irritava. Jogava longe o caderno, a régua, o lápis e desistia do trabalho.

A atitude preocupava seus pais. Os conselhos eram reprisados todos os dias. Sem nenhum efeito.

Uma manhã, ao abrir a janela do seu quarto, Carlos viu um beija-flor sobrevoando o jardim.

Debruçou-se na janela e ficou observando. O lindo pássaro, de penas verdes e azuis, batia rapidamente as asas, parava diante de uma flor.

Depois descia até o chão, pegava um raminho e subia até o galho de um pinheiro.

Tornava a descer e subir, sempre carregando um raminho no bico.

A cena deixou Carlos extasiado. Chamou o pai, a mãe, o irmão. Todos ficaram longo tempo olhando o trabalho contínuo do beija-flor que logo teve ajuda da sua companheira.

O encantamento era geral.

Naquela noite, houve uma violenta tempestade. Ventos fortes. Chuva.

Pela manhã, o ninho estava no chão. Carlos ficou olhando triste. Tanto trabalho por nada.

Logo o sol saiu. Os ramos começaram a secar. A natureza tornou a sorrir maravilhas.

O casal de beija-flores se apresentou no jardim e recomeçou a tarefa. Raminho após raminho foi sendo levado. A construção do novo ninho demorou alguns dias. Tinha a forma de uma concha bem funda.

A fêmea se acomodou e botou dois ovinhos.

Carlos passou a visitar o ninho. Se a fêmea se afastava, ele ia dar uma espiadela.

Numa bela tarde, que surpresa! Os filhotinhos haviam nascido. Já estavam com os biquinhos abertos, esperando que a mamãe beija-flor colocasse o alimento.

Nessa hora, o pai de Carlos aproveitou para falar:

Você já imaginou, meu filho, se no dia daquela tempestade, quando o ninho caiu, os beija-flores tivessem desistido?

O exemplo deles é de persistência e paciência. Procure reforçar essas qualidades dentro de você.

Se você desistir, na primeira dificuldade, perderá a chance de realizar coisas maravilhosas. Pense nisso.

* * *

Existem muitos animais que dão ao homem excelentes lições. Assim é a abelha com sua disciplina, a aranha com sua perseverança, a pomba com sua mensagem de paz, os pelicanos com seu exemplo de fidelidade.

As aves estão presentes na literatura desde épocas remotas. Elas figuram na Bíblia, nas obras de autores clássicos da Grécia e de Roma, em fábulas e histórias famosas.

********************************************************

Desejo à você uma Ótima Semana.
"Que os Anjos iluminem seus caminhos"
um abraço,
João Adolfo e Pastoral Familiar Apodi

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

BENTO XVI FALA EM “SOLIDARIEDADE” AOS JUDEUS E TENTA ESFRIAR POLÊMICA

O papa Bento XVI deu hoje suas primeiras declarações em público após sua polêmica decisão de suspender a excomunhão de quatro bispos membros da ultraconservadora Congregação Santo Pio X. Um deles, o inglês Richard Williamson, afirmou há algumas semanas que acreditava na inexistência das câmaras de gás em campos de extermínio nazistas – uma negação do Holocausto. Bento XVI disse que “o Holocausto deve ser para todos um aviso contra o esquecimento e a negação” e pregou solidariedade ao povo judeu. Mesmo assim, informa o The Washington Post, lideranças judaicas em todo o mundo ainda estão indignadas com a posição do papa, o que pode arruinar seu plano de visitar a Terra Santa neste ano. Os judeus esperavam que ele fosse repudiar explicitamente a opinião de Williamson.

NOVENA HOJE QUARTA-FEIRA

Hoje quarta-feira 27/01/09, logo mais às 19:00 horas Novena do Perpétuo Socorro na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Grupo de Jovens Associados à Igreja Católica – GRUJAIC. Celebrante: Pe Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 4, 1-20)

Quarta-Feira, 28 de Janeiro de 2009
Santo Tomás de Aquino


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galiléia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3"Escu¬tai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: "Quem tem ouvidos para ouvir, ouça". 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: "A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados".
13E lhes disse: "Vós não com¬preendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão na beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem.
18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um."

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

MENSAGENS ANGELS

Querido(a) Amigo(a):

A persistência, sem dúvida, é uma grande virtude,
necessária principalmente, quando tudo
parece escorregar das nossas mãos.

Não desista! Veja nos empecilhos da estrada,
apenas obstáculos que devem ser superados.

********************************************************

Desejo à você uma Ótima Quarta-Feira.
"Que os Anjos iluminem seus caminhos"

um abraço,
João Adolfo e Blog Pastoral Familiar de Apodi

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

EVANGELHO DO DIA (Mc 3, 31-35)

Terça-Feira, 27 de Janeiro de 2009
3ª Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: "Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura".
33Ele respondeu: "Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?" 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: "Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, que acontece hoje na residência do nosso irmão Vem Vem, às 19:00 horas, no Bairro Malvinas. Responsável setor Malvinas.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa Apodi – RN. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 13, 22-30)

Segunda-Feira, 26 de Janeiro de 2009
São Timóteo e São Tito


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 22os mestres da Lei, que tinham vindo de Jerusalém, diziam que ele estava possuído por Beelzebul, e que pelo príncipe dos demônios ele expulsava os demônios. 23Então Jesus os chamou e falou-lhes em parábolas: "Como é que Satanás pode expulsar a Satanás? 24Se um reino se divide contra si mesmo ele não poderá manter-se. 25Se uma família se divide contra si mesma, não poderá manter-se. 26Assim, se Satanás se levanta contra si mesmo e se divide, não poderá sobreviver, mas será destruído. 27Ninguém pode entrar na casa de um homem forte para roubar seus bens, sem antes o amarrar. Só depois poderá saquear sua casa.
28Em verdade vos digo: tudo será perdoado aos homens, tanto nos pecados, como qualquer blasfêmia que tiverem dito. 29Mas quem blasfemar contra o Espírito Santo, nunca será perdoado, mas será culpado de um pecado eterno". 30Jesus falou isso, porque diziam: 'Ele está possuído por um espírito mau".

Ou (escolhe-se um dos evangelhos)

Lc 10, 1-9

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
segundo Lucas.— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1o Senhor escolheu outros setenta e dois discípulos e os enviou dois a dois, na sua frente, a toda cidade e lugar aonde ele próprio devia ir. 2E dizia-lhes: "A messe é grande, mas os trabalhadores são poucos. Por isso, pedi ao dono da messe que mande trabalhadores para a colheita. 3Eis que vos envio como cordeiros para o meio de lobos. 4Não leveis bolsa, nem sacola, nem sandálias, e não cumprimenteis ninguém pelo caminho! 5Em qualquer casa em que entrardes, dizei primeiro: 'A paz esteja nesta casa!' 6Se ali morar um amigo da paz, a vossa paz repousará sobre ele; se não, ela voltará para vós. 7Permanecei naquela mesma casa, comei e bebei do que tiverem, porque o trabalhador merece o seu salário. Não passeis de casa em casa. 8Quando entrardes numa cidade e fordes bem recebidos, comei do que vos servirem, 9curai os doentes que nela houver e dizei ao povo: 'O Reino de Deus está próximo de vós'".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 25 de janeiro de 2009

DE UM SER SUPERIOR PARA VOCÊ!!!

Para: Você
Data: Hoje
De: DEUS
Assunto: Você
Referência: A vida


Olá, eu sou Deus. Hoje eu estarei cuidando de todos os seus problemas para você. Eu não precisarei da sua ajuda. Assim sendo, tenha um ótimo dia.

Amo você.

P.S.: E lembre-se...

Se a vida te der uma situação que você não consegue lidar, não tente resolvê-la por você mesmo(a)! Gentilmente, coloque na caixa APDF (Algo Para Deus fazer). Eu pegarei e colocarei dentro do MEU TEMPO. Todas as situações serão resolvidas, mas em MEU TEMPO, não no seu.

Assim que esta situação for colocada nesta caixa, não se preocupe mais com ela. Em vez disso, foque em todas as coisas maravilhosas que estão presentes hoje em sua vida.

Você poderia enviar isto para um(a) amigo(a)? Ficaria grato! Não posso interferir em algo que dei de presente à humanidade. Algo chamado LIVRE ARBÍTRIO, mas ficaria realmente muito feliz se pudesse passar esta mensagem adiante.. Você não faz idéia de como esta mensagem pode tocar vidas!

Agora vou indo. Novamente, tenha um ótimo dia!

DEUS

Deus têm visto suas lutas.
Deus diz: elas estão chegando ao fim!
Uma benção está vindo em sua direção.
Você pode contar aos amigos que os ama...

Abraços
Pastoral Familiar de Apodi

MISSA DO DOMINGO

Hoje domingo 10/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: GRUJAP. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

Logo mais às 19:00 horas da noite Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista. Participação especial da Pastoral da Pessoa Idosa.

Animação: GRANSDAC. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 16, 15-18)

Domingo, 25 de Janeiro de 2009
Conversão de São Paulo, apóstolo


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, Jesus se manifestou aos onze discípulos,
15e disse-lhes: "Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! 16Quem crer e for batizado será salvo. Quem não crer será condenado.
17Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsarão demônios em meu nome, falarão novas línguas;
18se pegarem em serpentes ou beberem algum veneno mortal não lhes fará mal algum; quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 24 de janeiro de 2009

SÓ A VERDADE NOS LIBERTA‏

Sobre o assunto do Fantástico no domingo passado (uma pesquisa que o programa de Domingo fez aqui no Brasil sobre se os pais devem deixar seus filhos maiores de idade terem relação sexual dentro de casa com namorado(a)). Segue um texto do Mons. Jonas Abib.

****** *****

Só a verdade nos liberta

É um erro total quando os pais consentem com o comportamento errado dos seus filhos. Quantos jovens por recuperar, quantos estão por aí perdidos! O pecado é como uma picada de cobra, cujo veneno leva à morte.

Aquele que entra pelo caminho do pecado acaba se tornando escravo dele. Quantos jovens dizem que são livres, mas, na verdade, estão se tornando escravos do pecado, do vício, do álcool, escravos da própria sexualidade, das drogas, da pornografia. E quantas meninas também há por aí que não vivem sem essas coisas.

A coisa mais linda que Deus criou foi a sexualidade, um meio maravilhoso que foi dado por Ele para o casal se unir e se amar, mas o inimigo do Senhor a [sexualidade] pegou e a jogou na lama.Você que é jovem tem toda a oportunidade de se livrar desses vícios que o estão destruindo.

É preciso ser franco, porque o próprio Jesus afirma no Evangelho: "Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará" (João 8,31-32).

A Canção Nova é um meio de evangelização, especialmente para os jovens, mas Deus foi estendendo isso aos adultos. Nós somos evangelizadores e vivemos para isso. Não podemos nos enganar com as falsas liberdades. Os pais precisam ter muito juízo e não facilitar as coisas para seus filhos. Quanto pai e quanta mãe permitindo que seus filhos durmam no quarto da namorada (e vice-versa) com toda a liberdade. Perderam totalmente a noção de paternidade, de filiação e de sexo.

É possível reverter essa situação, mas é preciso que muitos assumam a verdade da Palavra de Deus. "Se permanecerdes na minha palavra, sereis verdadeiramente meus discípulos, e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (Jo 8,31-32). É isso o que Deus quer para você e para muita gente. Una-se a nós. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.

Monsenhor Jonas Abib.

ORAÇÃO CARISMÁTICA E LOUVORZÃO

Todos os sábados a partir das 19:00 horas têm “Oração Carismática e Louvorzão” na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

MISSA SÁBADO

Hoje sábado 23/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Infância Missionária. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 3, 20-21)

Sábado, 24 de Janeiro de 2009
São Francisco de Sales


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 20Jesus voltou para casa com os discípulos. E de novo se reuniu tanta gente que eles nem sequer podiam comer. 21Quando souberam disso, os parentes de Jesus saíram para agarrá-lo, porque diziam que estava fora de si.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

EVANGELHO DO DIA (Mc 3, 13-19)

Sexta-Feira, 23 de Janeiro de 2009
2a. Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus subiu ao monte e chamou os que ele quis. E foram até ele. 14Então Jesus designou Doze, para que ficassem com ele e para enviá-los a pregar, 15com autoridade para expulsar os demônios. 16Designou, pois, os Doze: Simão, a quem deu o nome de Pedro; 17Tiago e João, filhos de Ze¬bedeu, aos quais deu o nome de Boanerges, que quer dizer "Filhos do trovão"; 18André, Filipe, Bartolo¬meu, Mateus, To¬mé, Tiago, filho de Alfeu, Tadeu, Simão, o cananeu, 19e Judas Isca¬riotes, aquele que depois o traiu.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

QUERIDO(A) AMIGO(A):

Às vezes a dor é tão profunda que ninguém consegue avaliá-la, ainda que tentemos explicar.
A solidão parece tomar conta de tudo tornando o vazio, profundo e doloroso. Porém não te esqueças:

para cada noite escura e sombria, há sempre um amanhecer cheio de luz.

****** *****

Desejo a você uma Ótima quinta-feira.
"Que Deus iluminem seus caminhos"
um abraço,
Janio Duarte

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, às 19:00 horas, que acontece hoje na casa de Tico Bento avô do nosso irmão Moésio do Gás no Sítio Santa Rosa II. Saída às 18:30hs do São Paroquial.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 3, 7-12)

Quinta-Feira, 22 de Janeiro de 2009
Preciosíssimo Sangue NSJC

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7Jesus se retirou para a beira do mar, junto com seus discípulos. Muita gente da Galiléia o seguia. 8E também muita gente da Judéia, de Jerusalém, da Iduméia, do outro lado do Jordão, dos territórios de Tiro e Sidônia, foi até Jesus, porque tinham ouvido falar de tudo o que ele fazia. 9Então Jesus pediu aos discípulos que lhe providenciassem uma barca, por causa da multidão, para que não o comprimisse.
10Com efeito, Jesus tinha curado muitas pessoas, e todos os que sofriam de algum mal jogavam-se sobre ele para tocá-lo. 11Vendo Jesus, os espíritos maus caíam a seus pés, gritando: "Tu és o Filho de Deus!" 12Mas Jesus ordenava severamente para não dizerem quem ele era.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

ORAÇÃO DA ESPERANÇA

“Senhor, que jamais desistamos de Vos seguir, deixemos de ter esperança de um amanhã melhor, pois, se estais conosco, lançaremos nossas redes quantas vezes for necessário, sempre no otimismo de que conseguiremos tudo o que almejamos se estivermos unidos a Vós e vivendo a Vossa Vontade. Sabeis sempre o que nos é melhor. Senhor, dai-nos uma sincera entrega, abandono, confiança total em Vós, pois nada Vos entristece mais do que nossa falta de confiança em Vosso tão santo e perfeito amor Senhor, percebo que não valorizo a paz, se não passo antes pela dor. Ensinai-me a ser sempre grata(o), não me detendo no que nos falta, mas em tudo que me concedeis por Vossa imensa bondade. Que após a dor de um santo calvário, conheça a alegria de uma feliz e santa ressurreição”.

EVANGELHO DO DIA (Mc 3, 1-6)

Quarta-Feira, 21 de Janeiro de 2009
Santa Inês


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 1Jesus entrou de novo na sinagoga. Havia ali um homem com a mão seca. 2Alguns o observavam para ver se haveria de curar em dia de sábado, para poderem acusá-lo. 3Jesus disse ao homem da mão seca: "Levanta-te e fica aqui no meio!" 4E perguntou-lhes: "E permitido no sábado fazer o bem ou fazer o mal? Salvar uma vida ou deixá-la morrer?" Mas eles nada disseram. 5Jesus, então, olhou ao seu redor, cheio de ira e tristeza, porque eram duros de coração; e disse ao homem: "Estende a mão". Ele a estendeu e a mão ficou curada.
6Ao saírem, os fariseus com os partidários de Herodes, imediatamente tramaram, contra Jesus, a maneira como haveriam de matá-lo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

EVANGELHO DO DIA (Mc 2, 23-28)

Terça-Feira, 20 de Janeiro de 2009
São Sebastião


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

23Jesus estava passando por uns campos de trigo, em dia de sábado. Seus discípulos começaram a arrancar espigas, enquanto caminhavam. 24Então os fari¬seus disseram a Jesus: "Olha! Por que eles fazem em dia de sábado o que não é permitido?"
25Jesus lhes disse: "Por acaso, nunca lestes o que Davi e seus companheiros fizeram quando passaram necessidade e tiveram fome? 26Como ele entrou na casa de Deus, no tempo em que Abiatar era sumo sacerdote, comeu os pães oferecidos a Deus, e os deu também aos seus companheiros? No entanto, só aos sacerdotes é permitido comer esses pães". 27E acrescentou: "O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28Portanto, o Filho do Homem é senhor também do sábado".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

LEIA COM ATENÇAO...

Querido(a) Amigo(a):

Um crente sincero na bondade de Deus, desejando aprender como colaborar na construção do reino de Deus, certo dia pediu ao Senhor a permissão para compreender os propósitos divinos e saiu a campo.

De início, encontrou-se com o vento que cantava e o vento lhe disse: Deus mandou que eu ajudasse as sementeiras e varresse os caminhos, mas eu gosto também de cantar, embalando os doentes e as criancinhas.

Em seguida, o devoto surpreendeu uma flor que inundava o ar de perfume, e a flor lhe contou: minha missão é preparar o fruto; entretanto, produzo também o aroma que perfuma até mesmo os lugares mais impuros.

Logo após, o homem parou ao pé de grande árvore que protegia um poço de água, cheio de rãs, e a árvore lhe contou: confiou-me o Senhor a tarefa de auxiliar o homem; contudo, creio que devo amparar igualmente as fontes, os pássaros e os animais.


O visitante olhou os feios batráquios e fez um gesto de repulsa, mas a árvore continuou: estas rãs são boas amigas. Hoje posso ajudá-las, mas depois serei ajudada por elas, na defesa de minhas próprias raízes contra os vermes da destruição e da morte.

O aprendiz compreendeu o ensinamento e seguiu adiante, chegando numa grande cerâmica.

Acariciou o barro que estava sobre a mesa e o barro lhe disse: meu trabalho é o de garantir o solo firme, mas obedeço ao oleiro e procuro ajudar na residência do homem, dando forma a tijolos, telhas e vasos.

Então, o devoto regressou ao lar e compreendeu que para servir na edificação do reino de Deus é preciso ajudar aos outros, sempre mais, e realizar cada dia algo a mais.


Temos que convir que, se cada um fizesse somente a sua obrigação, a humanidade não teria saído das cavernas.

O progresso só se realiza porque há pessoas que fazem algo mais que sua obrigação pura e simples.

O esforço que cada criatura faz em prol do bem comum, é o que propicia a realização das conquistas maiores.

Se os homens de gênio tivessem apenas cumprido seu tempo justo de trabalho, não desfrutaríamos hoje das grandes descobertas.

Se Pasteur, Tomas Edison, Pierre e Marie Curie, Grahan Bell, e outros tantos cientistas não tivessem feito algo mais que a sua obrigação, a humanidade não teria atingido tamanho progresso.

Nós, por nossa vez, também podemos e devemos fazer algo a mais para conquistar uma sociedade justa e feliz.

Além das oito horas diárias de trabalho, podemos dedicar alguns minutos para tirar alguém do analfabetismo.

Para ensinar um serviçal a utilizar corretamente os produtos e equipamentos de trabalho.

Para socorrer um ancião desvalido, uma criança desamparada, um animal ferido, um enfermo sem esperanças.

Aprendamos, com o devoto da fábula, que para a construção de um reino feliz, Deus espera que cada um de nós façamos algo a mais.

********************************************************

Desejo à você uma Ótima Semana.
"Que os Anjos iluminem seus caminhos"
um abraço,
Equipe do Blog da Pastoral Familiar Apodi e João Adolfo

EVANGELHO DO DIA (Mc 2,18-22)

Segunda-Feira, 19 de Janeiro de 2009
2a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 18os discípulos de João Batista e os fariseus estavam jejuando. Então, vieram dizer a Jesus: "Por que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus discípulos não jejuam?"
19Jesus respondeu: "Os convidados de um casamento poderiam, por acaso, fazer jejum, enquanto o noivo está com eles? Enquanto o noivo está com eles, os convidados não podem jejuar. 20Mas vai chegar o tempo em que o noivo será tirado do meio deles; aí, então, eles vão jejuar.
21Ninguém põe um remendo de pano novo numa roupa velha; porque o remendo novo repuxa o pano velho e o rasgão fica maior ainda. 22Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque o vinho novo arrebenta os odres velhos e o vinho e os odres se perdem. Por isso, vinho novo em odres novos".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 18 de janeiro de 2009

EVANGELHO DO DIA (Jo 1,35-42)

Domingo, 18 de Janeiro de 2009
2º Domingo do Tempo Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 35João estava de novo com dois de seus discípulos 36e, vendo Jesus passar, disse: "Eis o Cordeiro de Deus!"37Ouvindo essas palavras, os dois discípulos seguiram Jesus. 38Voltando-se para eles e vendo que o estavam seguindo, Jesus perguntou: "O que estais procurando?" Eles disseram: "Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?"
39Jesus respondeu: "Vinde ver". Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele. Era por volta das quatro da tarde.
40André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que ouviram a palavra de João e seguiram Jesus.
41Ele foi encontrar primeiro seu irmão Simão e lhe disse: "Encontramos o Messias" (que quer dizer: Cristo).
42Então André conduziu Simão a Jesus. Jesus olhou bem para ele e disse: "Tu és Simão, filho de João; tu serás chamado Cefas" (que quer dizer: Pedra).

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

MISSA DO DOMINGO

Hoje domingo 10/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: GRUJAP. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

Logo mais às 19:00 horas da noite Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: GRANSDAC. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

sábado, 17 de janeiro de 2009

ORAÇÃO CARISMÁTICA E LOUVORZÃO

Todos os sábados a partir das 19:00 horas têm “Oração Carismática e Louvorzão” na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

MISSA SÁBADO

Hoje sábado 17/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Infância Missionária. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, às 19:00 horas, que acontece hoje no Sítio Poço Tilon. Saída às 18:30hs da casa do irmão Geraldinho Targino.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders. Participação Especial da Pastoral da Pessoa Idosa. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 2,13-17)

Sábado, 17 de Janeiro de 2009
Santo Antão


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 13Jesus saiu de novo para a beira mar. Toda a multidão ia a seu encontro, e Jesus os ensinava. 14Enquanto passava, Jesus viu Levi, o filho de Alfeu, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: "Segue-me!" Levi se levantou e o seguiu.
15E aconteceu que, estando à mesa na casa de Levi, muitos cobradores de impostos e pecadores também estavam à mesa com Jesus e seus discípulos. Com efeito, eram muitos os que o seguiam.
16Alguns doutores da Lei, que eram fariseus, viram que Jesus estava comendo com pecadores e cobradores de impostos. Então eles perguntaram aos discípulos: "Por que ele come com cobradores de impostos e pecadores?"
17Tendo ouvido, Jesus respondeu-lhes: "Não são as pessoas sadias que precisam de médico, mas as doentes. Eu não vim para chamar justos, mas sim pecadores".

Ou (escolhe-se um dos evangelhos)

Mt 19,16-26

Naquele tempo, 16alguém aproximou-se de Jesus e disse: "Mestre, o que devo fazer de bom para possuir a vida eterna?" 17Jesus respondeu: "Por que tu me perguntas sobre o que é bom? Um só é Bom. Se tu queres entrar na vida, observa os mandamentos". 18O homem perguntou: "Quais mandamentos?" Jesus respondeu: "Não matarás, não cometerás adultério, não roubarás, não levantarás falso testemunho, 19honra teu pai e tua mãe, e ama teu próximo como a ti mesmo".
20O jovem disse a Jesus: "Tenho observado todas essas coisas. O que ainda me falta?"
21Jesus respondeu: "Se tu queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens, dá o dinheiro aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me". 22Quando ouviu isso, o jovem foi embora cheio de tristeza, porque era muito rico. 23Jesus disse aos discípulos: "Em verdade vos digo, dificilmente um rico entrará no Reino dos Céus. 24E digo ainda: é mais fácil um camelo entrar pelo buraco de uma agulha, do que um rico entrar no Reino de Deus". 25Ouvindo isso, os discípulos ficaram muito espantados, e perguntaram: "Então, quem pode ser salvo?" 26Jesus olhou para eles e disse: "Para os homens isso é impossível, mas para Deus tudo é possível".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

TERÇO DOS HOMENS MÃE RAINHA

Logo mais às 18:00 horas, na Igreja Matriz tem o Terço dos Homens Mãe Rainha, vamos fazer uma corrente de oração maior ainda do que sexta-feira passada.

Você é nosso convidado todo especial. Venha e chame mais um irmão para juntos rezarmos por Nosso Senhor Jesus Cristo.

Rezando busco seguir os passos de Jesus!

EVANGELHO DO DIA (Mc 2,1-12)

Sexta-Feira, 16 de Janeiro de 2009
1a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

1Alguns dias depois, Jesus entrou de novo em Cafarnaum. Logo se espalhou a notícia de que ele estava em casa. 2E reuniram-se ali tantas pessoas, que já não havia lugar, nem mesmo diante da porta. E Jesus anunciava-lhes a Palavra. 3Trouxeram-lhe, então, um paralítico, carregado por quatro homens. 4Mas não conseguindo chegar até Jesus, por causa da multidão, abriram então o teto, bem em cima do lugar onde ele se encontrava. Por essa abertura desceram a cama em que o paralítico estava deitado. 5Quando viu a fé daqueles homens, Jesus disse ao paralítico: "Filho, os teus pecados estão perdoados". 6Ora, alguns mestres da Lei, que estavam ali sentados, refletiam em seus corações: 7"Como este homem pode falar assim? Ele está blasfemando: ninguém pode perdoar pecados, a não ser Deus". 8Jesus percebeu logo o que eles estavam pensando no seu íntimo, e disse: "Por que pensais assim em vossos corações? 9O que é mais fácil: dizer ao paralítico: 'os teus pecados estão perdoados', ou dizer: 'Levanta-te, pega a tua cama e anda'? 10Pois bem, para que saibais que o Filho do Homem tem, na terra, poder de perdoar pecados disse ele ao paralítico: 11eu te ordeno: levanta-te, pega tua cama, e vai para tua casa!" 12O paralítico então se levantou e, carregando a sua cama, saiu diante de todos. E ficaram todos admirados e louvavam a Deus, dizendo: "Nunca vimos uma coisa assim".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, que acontece hoje na residência da nossa irmã Dona Zildinha, às 19:00 horas, no Bairro Bacurau I. Responsável setor Bacurau I.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa Apodi – RN. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

EVANGELHO DO DIA Mc 1, 40-45

Quinta-Feira, 15 de Janeiro de 2009
1a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus, e de joelhos pediu: "Se queres tens o poder de curar-me". 41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele, e disse: "Eu quero: fica curado!" 42No mesmo instante, a lepra desapareceu, e ele ficou curado.
43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: "Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!" 45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade: ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

PORQUE AINDA SOU UM CATÓLICO TRANQÜILO E FELIZ!

A minha primeira catequese foi através da minha mãe, que pedia pra eu juntar as minhas mãos de criança, para todas as noites, antes de dormir, rezar o “Credo”, o Pai Nosso e a Ave Maria. Com isso, a minha casa foi a minha primeira igreja, a igreja doméstica, literalmente, até porque, nós estávamos sempre mudando e às vezes tínhamos de morar na zona rural e isso dificultava ir à missa do domingo ou até mesmo ir para uma celebração, porque também, era uma dificuldade encontrar um grupo que rezava ou celebrava na zona rural de um pequeno município, na década de 70, que ainda tinha 90% ou mais de sua população dizendo-se católica.

Então, cresci com esse jeito “obrigatório” de ser católico. E permaneci assim até os meus vinte e poucos anos, sem ter a preocupação de explicar o porquê dessa escolha e o porquê de permanecer um cristão católico apostólico romano. Apesar de ter feito primeira eucaristia e a crisma, diga-se de passagem, numa idade em que a própria igreja não permitia, eu continuava com a educação religiosa da minha mãe que era analfabeta; ou seja, fiz primeira eucaristia por fazer, fiz a crisma, por fazer, continuei católico por querer e talvez por que não tinha na verdade ninguém para me azucrinar a paciência com “responsabilidades religiosas”.

Continuei assim, católico das missas dominicais, casei-me na Santa Igreja Católica, fazendo parte da grande maioria, infelizmente continua sendo assim, que favorece mais para o lado que vamos intitular de: ...”e pecadora igreja católica”. Mesmo assim, participando da missa do domingo, batizando os meus filhos na igreja, enfim tendo uma pequena participação na igreja e lógico me calando diante de tanta indagação dos meus queridos irmãos protestantes que sempre tinha na ponta da língua as mesmas insinuações de que nós somos adoradores de imagens, que adoramos Maria, que na bíblia não fala nisso, a bíblia não fala naquilo, a verdadeira religião de Jesus é aquela, a verdadeira bíblia é essa, blá blá blá e mais blá, blá, blá.

Continuei a “me esconder” dos nossos irmãos separados, até o dia em que decidi conhecer Jesus, foi logo depois que fui convidado a fazer o ECC, eu comecei a senti necessidade de algumas respostas que me indagava e que era importante sabê-las antes de tomar qualquer decisão que num futuro bem próximo poderia parecer que foram precipitadas. Então comecei a questionar-me e interrogar-me: porque batizar crianças, se crianças não têm pecados? Porque Padres não podem casar, se Pastores podem? Porque nós amamos tanto Maria? Porque existem imagens em nossos templos? Porque uma pessoa que é de segunda união não pode comungar? Porque a igreja é contra o divórcio, o aborto, a eutanásia, as pesquisas com células-tronco embrionárias? Porque, porque, por quê????

Não vou aqui responder essas perguntas, até porque eu já sou e estou muito satisfeito com a minha pesquisa, com isso quero dizer, não àquela pessoa que tem outra religião e que está feliz nela, mas ao católico que vive cheio de dúvidas, que tem medo de está no pecado e vivendo dentro do próprio pecado, que se fragiliza, todas as vezes que lhe dizem que a prática do catolicismo é contra a lei de Deus. Faça uma experiência com Jesus vivo e Sacramentado, procure ver nas passagens bíblicas, que outras religiões usam para nos escandalizar, nos amaldiçoar, ensinamentos para o seu dia-a-dia, para esse momento, para uma verdadeira conversão ao Nosso Senhor Jesus Cristo e aprenda Dele mesmo, que é manso e humilde de coração e que somente Ele tem o poder de Julgar e de libertar aquele que Ele quiser. Faça uma profunda espiritualidade ao lado de Jesus. Pergunte, questione, faça um diálogo prazeroso de frente para o Mestre, com a liberdade de chamá-lo de Amigo, Irmão, Pai, Mestre, Rabuni, Emanuel, Javé, Jeová, Altíssimo, Filho de Davi, Filho de Abraão, Filho de Isaac, Filho de Jacó, Filho do Carpinteiro, O Nazareno, Filho de Maria. Enfim chame-o de qualquer um desses nomes, ou na sua oração para invocá-lo, chame do nome que você mais se identifica com Ele e Ele que conhece todos os nossos empecilhos e nossos limites se alegrará com a sua decisão de procurá-lo.

Eu fiz esse encontro, foi maravilhoso, tenha certeza que esse encontro supera todas as expectativas, todo tipo de crença, culto, cultura, e afasta também todo tipo de preconceito e dúvida. Porque depois desse encontro tudo para você é traduzido em uma só palavra: AMOR.

Depois desse encontro eu continuei católico, com uma diferença, fiz uma nova e profunda catequese e agora eu sou muito mais feliz.

Luis e Fátima
Pastoral Familiar Apodi
Apodi – RN 28/12/08

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

PROGRAMA PALAVRA BOA

FM Luta, 88,5
Telefone: (84) 3333-2854 e peça seu hino preferido
Acesse: http://www.lutafm.com.br/ e peça seu hino favorito

Os comunicadores de Deus!
Anunciando Jesus!


O Programa Palavra Boa é um programa da Igreja Católica voltado para a família apodiense. De segunda à sexta-feira, das 18:00 às 19:000 horas.

O Programa Palavra Boa vai ao ar na Freqüência Modulada – FM Luta, 88,5 Mhz (líder de audiência no horário). Se você está precisando de uma palavra de conforto, de fé, de esperança e principalmente de AMOR não deixe de ouvir. E se você já ouviu comunique aos teus parentes, amigos e vizinhos.

Além de ouvir a palavra do nosso Pai Celestial, o programa é recheado de hinos e músicas lindíssimas que alegram nosso lar todas às noites.

Você também pode participar do programa ligando para o telefone da rádio, ou mandando uma cartinha fazendo seu pedido musical. Os comunicadores da palavra de Deus são eles:

Antônio Francisco Cortez, Luis Bevenuto Paiva e Pedro Júnior.

Toda sexta-feira na Igreja Matriz tem o Terço rezado pelos homens a partir das 18:00 horas sintam-se todos convidados a participar, mas se não puder ir até a igreja, é só escutar dentro do Programa Palavra Boa na 88,5 FM Luta.

Este programa é dedicado a todas as famílias apodiense!

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, que acontece hoje na residência da nossa irmã Dona Margarida, às 19:00 horas, na Rua Oiti – Conjunto – COHAB. Responsável setor Cohab.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa Apodi – RN. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

NOVENA HOJE QUARTA-FEIRA

Hoje quarta-feira 14/01/09, logo mais às 19:00 horas Novena do Perpetuo Socorro na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Grupo de Jovens Associados à Igreja Católica – GRUJAIC. Celebrante: Pe Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 1,29,39)

Quarta-Feira, 14 de Janeiro de 2009
1a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 29Jesus saiu da sinagoga e foi, com Tiago e João, para a casa de Simão e André. 30A sogra de Simão estava de cama, com febre, e eles logo contaram a Jesus. 31E ele se aproximou, segurou sua mão e ajudou-a a levantar-se. Então, a febre desapareceu; e ela começou a servi-los.
32À tarde, depois do pôr-do-sol, levaram a Jesus todos os doentes e os possuídos pelo demônio. 33A cidade inteira se reuniu em frente da casa. 34Jesus curou muitas pessoas de diversas doenças e expulsou muitos demônios. E não deixava que os demônios falassem, pois sabiam quem ele era.
35De madrugada, quando ainda estava escuro, Jesus se levantou e foi rezar num lugar deserto. 36Simão e seus companheiros foram à procura de Jesus. 37Quando o encontraram, disseram: "Todos estão te procurando". 38Jesus respondeu: "Vamos a outros lugares, às aldeias da redondeza! Devo pregar também ali, pois foi para isso que eu vim". 39E andava por toda a Galiléia, pregando em suas sinagogas e expulsando os demônios.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA HOJE


Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, que acontece hoje na residência da nossa irmã Dona Francisca, na Rua 1º Maio próximo a Usina, às 19:00 horas.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa Apodi – RN. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 1,21b,28)

Terça-Feira, 13 de Janeiro de 2009
Santo Hilário


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

21bEstando com seus discípulos em Cafarnaum, Jesus, num dia de sábado, entrou na sinagoga e começou a ensinar. 22Todos ficavam admirados com o seu ensinamento, pois ensinava como quem tem autoridade, não como os mestres da Lei.
23Estava então na sinagoga um homem possuído por um espírito mau. Ele gritou: 24"Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: tu és o Santo de Deus". 25Jesus o intimou: "Cala-te e sai dele"!
26Então o espírito mau sacudiu o homem com violência, deu um grande grito e saiu. 27E todos ficaram muito espantados e perguntavam uns aos outros: "Que é isso? Um ensinamento novo dado com autoridade: Ele manda até nos espíritos maus, e eles obedecem!" 28E a fama de Jesus logo se espalhou por toda parte, em toda a região da Galiléia.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

DESCULPAS...

Boa noite,

Peço desculpas pelo "sumiço"... é que estou trabalhando, e só tenho tempo à noite para atualizar, isso quando não tem celebração da Pastoral da Pessoa Idosa.

Em fevereiro, voltaremos ao normal.
Abraços e fiquem com Deus!

Janio Duarte

TERÇO DA FAMÍLIA 12/01/09


Que bom seria se, a partir de hoje, acolhendo o convite da Pastoral Familiar de Apodi, os cristãos individualmente e as famílias procurassem recuperar esta maravilhosa tradição que pode contribuir muito na construção de uma sólida espiritualidade individual e familiar.

O Rosário foi para muitas famílias, e continua sendo para outras, a oração da família e a oração pela família. Muitos lembram aqueles encontros com saudade. Com certeza, favorecia a união e a espiritualidade familiar. É preciso não perder, ou recuperar, esta preciosa herança.

A família que reza o Rosário segue o exemplo da família de Nazaré: põe Jesus no centro, partilha com Ele alegrias e sofrimentos, coloca nas suas mãos necessidades e projetos, de Jesus recebe a esperança e a força dos pequenos.

Rezar o Rosário com os filhos, educando-os desde a tenra idade para este momento diário de espiritualidade familiar, pode não trazer a solução de todos os problemas, mas é uma ajuda espiritual que não se deve subestimar.

Peçamos à mãe, que o Filho nos atenderá! Ou como dizia um santo: “Planta Maria, colhe Jesus”.

Hoje “Terço da Família”
Horário:
18:00 horas
Residência: Irmão Vicente Leite
Local: Praça São Francisco
Bairro: Centro
Responsável: Pastoral Familiar Apodi
Cidade: Apodi – RN

EVANGELHO DO DIA (Mc 1,14-20)

Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2009
1a Semana Comum


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

14Depois que João Batista foi preso, Jesus foi para a Galiléia, pregando o Evangelho de Deus e dizendo: 15"O tempo já se completou e o Reino de Deus está próximo. Convertei-vos, e crede no Evangelho!"
16E, passando à beira do mar da Galiléia, viu Simão e André, seu irmão, que lançavam a rede ao mar, pois eram pescadores. 17Jesus lhes disse: "Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens". 18E eles, deixando imediatamente as redes, seguiram a Jesus.
19Caminhando mais um pouco, viu também Tiago e João, filhos de Zebedeu. Estavam na barca, consertando as redes; 20e logo os chamou. Eles deixaram seu pai Zebedeu na barca com os empregados, e partiram, seguindo Jesus.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 11 de janeiro de 2009

COORDENADORA VISITOU APODI ONTEM

Ontem na reunião tivemos a presença de Maria Augusta coordenadora geral diocesana da Pastoral da Pessoa Idosa.

O trabalho de evangelização na Paróquia de Apodi é a mais atuante entre as três da diocese que tem as cidades de Mossoró, Assu e Apodi. Em Apodi são 72 membros ativos, na qual são visitados cerca de 450 idosos em nossa cidade, destaca Francisco Cortez.

A meta da coordenação diocesana para 2009 é melhorar o serviço da pastoral que está em pleno funcionamento, bem como aquelas que precisam de uma atenção melhor, principalmente a paróquia de Assu que está enfrentando dificuldades, disse Maria Augusta.

A Pastoral da Pessoa Idosa tem por objetivo assegurar a dignidade e a valorização integral das pessoas idosas, através da promoção humana e espiritual, respeitando seus direitos, num processo educativo de formação continuada destas, de suas famílias e de suas comunidades, sem distinção de raça, cor, profissão, nacionalidade, sexo, credo religioso ou político, para que as famílias e as comunidades possam conviver respeitosamente com as pessoas idosas, protagonistas de sua auto-realização, por meio das seguintes atividades:

I – Promover o desenvolvimento físico, mental, social, espiritual, cognitivo e cultural dos idosos;

II – Promover o respeito à dignidade e à cidadania das pessoas idosas, colaborando para a divulgação e implementação do Estatuto do Idoso - Lei nº.10.741, de 1º de outubro de 2003;

III – Promover o convívio das pessoas idosas com as demais gerações, estimulando uma velhice ativa e buscando uma longevidade digna;

IV – Estimular e respeitar a espiritualidade das pessoas idosas;

V – Valorizar a história de vida, as experiências, o ser biográfico, a sabedoria adquirida ao longo da vida de cada pessoa idosa, respeitando-a como guardiã da memória coletiva;

VI – Capacitar agentes de pastoral para o acompanhamento das pessoas idosas nas visitas domiciliares e nas outras atividades complementares afins;

VII – Organizar redes de solidariedade humana nas comunidades e nos diferentes níveis para promover o bem-estar dos idosos;

VIII – Incentivar a criação e participação nos conselhos de direitos do idoso em todos os níveis;

IX – Realizar parcerias, somando esforços com outras pastorais, comunidade científica, associações de geriatria e gerontologia, organizações de defesa dos direitos dos idosos, de assistência social e outras entidades afins;

X – Manter um sistema de informação sobre a situação das pessoas acompanhadas;

XI – Democratizar notícias e informações sobre os idosos nos meios de comunicação social;

XII – Promover esclarecimentos sobre os preconceitos contra as pessoas idosas, a fim de que sejam superados;

XIII – Somar esforços com iniciativas de educação continuada para cuidadores de idosos;

XIV – Valorizar a vida até sua fase final, apoiando os programas de cuidados paliativos, que assegurem o caráter espiritual da existência humana.

Coordenador Geral:
Antônio Francisco Cortez

MISSA DO DOMINGO

Hoje domingo 10/01/09, logo mais às 8:00 da manhã Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: GRUJAP. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

Logo mais às 19:00 horas da noite Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: GRANSDAC. Celebrante: Pe. Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 1,7-11)

Domingo, 11 de Janeiro de 2009
Batismo do Senhor


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 7João Batista pregava, dizendo: "Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu nem sou digno de me abaixar para desamarrar suas sandálias. 8Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo".
9Naqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galiléia, e foi batizado por João no rio Jordão.
10E logo, ao sair da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como pomba, descer sobre ele.
11E do céu veio uma voz: "Tu és o meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sábado, 10 de janeiro de 2009

ORAÇÃO CARISMÁTICA E LOUVORZÃO

Todos os sábados a partir das 19:00 horas têm “Oração Carismática e Louvorzão” na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

HOJE REUNIÃO DA PASTORAL DA PESSOA IDOSA

Caríssimas irmãs e caríssimos irmãos,

Hoje, dia 10/01/09. Logo mais às 19:30 horas no Salão Paroquial reunião com os Líderes Comunitários da Pastoral da Pessoa Idosa. Participação especial da coordenação geral de Mossoró.

Contamos com sua honrosa presença.

Coordenador Geral:
Antônio Francisco Cortez

EVANGELHO DO DIA (Jo 3,22-30)

Sábado, 10 de Janeiro de 2009
Sábado depois da Epifania


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 22Jesus foi com seus discípulos para a região da Judéia. Permaneceu aí com eles e batizava. 23Também João estava batizando, em Enon, perto de Salim, onde havia muita água. Aí chegavam as pessoas e eram batizadas.
24João ainda não tinha sido posto no cárcere. 25Alguns discípulos de João estavam discutindo com um judeu a respeito da purificação. 26Foram a João e disseram: "Rabi, aquele que estava contigo além do Jordão e do qual tu deste testemunho, agora está batizando e todos vão a ele".
27João respondeu: "Ninguém pode receber alguma coisa, se não lhe for dada do céu. 28Vós mesmos sois testemunhas daquilo que eu disse: 'Eu não sou o Messias, mas fui enviado na frente dele'. 29É o noivo que recebe a noiva, mas o amigo, que está presente e o escuta, enche-se de alegria ao ouvir a voz do noivo. Esta é a minha alegria, e ela é completa. 30É necessário que ele cresça e eu diminua".

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

COLETIVA NO VATICANO APRESENTA ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS

Aconteceu hoje, 9, no Vaticano, uma coletiva de imprensa para a apresentação do VI Encontro Mundial das Famílias que se realizará na próxima semana, de 13 a 18, na Cidade do México sobre o tema "A família formadora dos valores humanos e cristãos".

A coletiva contou com a intervenção do presidente do Pontifício Conselho para a Família, Cardeal Ennio Antonelli, que ressaltou que "a Igreja considera a família uma prioridade pastoral, peça fundamental para a nova evangelização e para a transmissão da fé". "Cada geração, ressaltou o purpurado, deve fazer a sua própria escolha de fé e são necessários testemunhos concretos que nasçam a partir da família. Através desta célula fundamental da sociedade passa o futuro da humanidade", sublinhou.

Segundo o Cardeal Antonelli "os valores fundamentais, as virtudes sociais são aprendidas em grande parte nas famílias, através da experiência de serem amados e do estímulo a amar novamente".

Deste círculo nasce os patrimônios fundamentais, como o sentido da solidariedade, da dignidade da pessoa e da lealdade. "Mas a missão da família, ressaltou purpurado, é ameaçada por uma profunda fratura entre as gerações, provocada pela falta de valores comuns e pelo relativismo". A Igreja e a sociedade têm o dever de ajudar e apoiar as famílias: "O objetivo fundamental a ser seguido é o de tornar sempre mais conscientes as famílias, pois elas são um elemento vivo, ativo e operante na Igreja e na sociedade civil. É necessário que a Igreja e a sociedade apóiem as famílias, a fim de que sejam protagonistas de evangelização e de humanização", frisou ele.

Respondendo à pergunta de um jornalista sobre a atual crise financeira mundial, o purpurado afirmou que a missão educacional pode ser atuada pelas famílias até mesmo em situações marcadas por graves dificuldades econômicas: "Entre os testemunhos que levaremos a Cidade do México, pelo menos dois são realmente de famílias pobres que fazem milagres para educar seus filhos e para estar presentes, de maneira positiva, em relação às outras famílias".

"É importante que os políticos estejam atentos às necessidades das famílias, pois muitas não têm acesso à casa e possuem trabalhos precários", finalizou.

EVANGELHO DO DIA (Lc 5,12-16)

Sexta-Feira, 9 de Janeiro de 2009
Sexta-feira depois da Epifania


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.
— Glória a vós, Senhor.

12Aconteceu que Jesus estava numa cidade, e havia aí um homem leproso. Vendo Jesus, o homem caiu a seus pés, e pediu: "Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar". 13Jesus estendeu a mão, tocou nele, e disse: "Eu quero, fica purificado". E imediatamente, a lepra o deixou. 14E Jesus recomendou-lhe: "Não digas nada a ninguém. Vai mostrar-te ao sacerdote e oferece pela purificação o prescrito por Moisés como prova de tua cura".
15Não obstante, sua fama ia crescendo, e numerosas multidões acorriam para ouvi-lo e serem curadas de suas enfermidades. 16Ele, porém, se retirava para lugares solitários e se entregava à oração.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

PASTORAL DA PESSOA IDOSA CELEBRA AMANHÃ

Convidamos toda comunidade cristã, para participar de uma Celebração, que acontece amanhã na residência da nossa irmã Bertilene, próximo ao parque de vaquejadas, às 19:00 horas.

Será um grande momento de Louvor e de Adoração ao nosso Deus. Celebrante: Pastoral da Pessoa Idosa Apodi – RN. Sintam-se todos convidados a participarem!

JESUS ESPERA POR VOCÊ!!!

EVANGELHO DO DIA (Mc 6,45-52)

Quarta-Feira, 7 de Janeiro de 2009
Quarta-feira depois da Epifania

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Depois de saciar os cinco mil homens, 45Jesus obrigou os discípulos a entrarem na barca e irem na frente para Betsaida, na outra margem, enquanto ele despedia a multidão. 46Logo depois de se despedir deles, subiu ao monte para rezar.
47Ao anoitecer, a barca estava no meio do mar e Jesus sozinho em terra. 48Ele viu os discípulos cansados de remar, porque o vento era contrário. Então, pelas três da madrugada, Jesus foi até eles andando sobre as águas, e queria passar na frente deles.
49Quando os discípulos o viram andando sobre o mar, pensaram que era um fantasma e começaram a gritar. 50Com efeito, todos o tinham visto e ficaram assustados. Mas Jesus logo falou: "Coragem, sou eu! Não tenhais medo!" 51Então subiu com eles na barca, e o vento cessou. Mas os discípulos ficaram ainda mais espantados, 52porque não tinham compreendido nada a respeito dos pães. O coração deles estava endurecido.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

CAUSAS E CONSEQÜÊNCIAS

O politicamente correto é o dogma do nosso tempo. Pobre de quem questionar seus decretos. Será condenado à fogueira da ridicularização, será tachado de inimigo do progresso, de obscurantista. A legalização do aborto (eufemisticamente tratado como “interrupção da gravidez”, termo mais palatável), a utilização de embriões para pesquisas e a eutanásia são alguns tópicos do seu index dogmático.

O politicamente correto exerce a pior forma de coerção. Afinal, a pior violência não é aquela declarada, aberta, ostensiva. É aquela que, travestida de virtude, com a aparência do bem, ilude os incautos, engaja os adeptos, oprime os opositores. E nunca, “neste país”, o politicamente correto encontrou terreno tão fértil como agora, para enunciar suas teorias e materializar seu ideário.

Querem um exemplo concreto? O self-service do látex, a máquina automática que despejará preservativos no colo dos alunos da rede pública a partir do ano letivo de 2009. A garotada, acostumada com máquinas similares, que oferecem refrigerantes e salgadinhos, poderá, com um simples toque de botão, ter acesso ao tal “sexo seguro”. Isso é que é modernidade!

Uma das principais características do politicamente correto é passar a idéia de que determinada situação está fora de controle. A solução? Combater as causas?

Não, o negócio é contornar as conseqüências, sabe como é...Dessa forma, desde muito cedo, as crianças convivem diariamente com imagens e estímulos que incentivam a erotização precoce: outdoors, propagandas, filmes, músicas etc, etc, etc. A maioria dos pais, filhos de uma geração repressora, sentem uma espécie de remorso de impor limites, de proteger seus filhos de tanto lixo, enfim, de educar. Afinal, educar dá um trabalho... exige tempo, paciência, dedicação...

Nesse contexto, o governo, tão intolerante quando alguém discorda de suas posições, quer se intrometer na educação dos nossos filhos. Quer dizer o seguinte: vocês, pais, vocês, mães, perderam a batalha contra Eros. Já que vocês não sabem educar seus filhos, nós, do alto da nossa estatura moral, vamos dar camisinha para eles. Afinal, como já dissemos repetidas vezes, eles podem “transar” à vontade, mas com camisinha.

Aliás, ou o produto camisinha é ruim ou os sucessivos governos são péssimos em publicidade. Afinal, já se utilizaram diversas formas de propaganda, com temas diferentes incentivando o uso de preservativos e, mesmo assim, a “galera” não adere. Ou será que adere, mas o resultado não é o prometido, não garante “risco zero” de contaminação? Já que hoje tanto se fala no direito à escolha, sugiro, pelo menos, uma campanha opcional, com foco na castidade (verdadeiro tabu nos dias de hoje), paralela à outra, que incentiva o “vale tudo com camisinha”. Por que essa ditadura de costumes?

Os partidários do PC (calma, quer dizer Politicamente Correto) podem não gostar, mas vou propor algo revolucionário: por que não fazer uma campanha que valorize o amor, que incentive os pais para que eduquem filhos e filhas com base no respeito ao outro e, por que não, que proponha que vale a pena esperar. Que cada ser humano é único e irrepetível, não algo descartável, a exemplo da camisinha.

Como otimista incorrigível, vejo que essa é uma ótima oportunidade para dar um basta nisso tudo. Ninguém, n-i-n-g-u-é-m, pode substituir os pais na educação dos filhos. Quem sabe esse absurdo faça “cair a ficha” e os pais se mobilizem contra essa idéia surrealista.

Combater as causas, sem dúvida, não é tão simplista como driblar as conseqüências. Mas, o que queremos? Soluções ou paliativos?

Roberto Zanin é jornalista

Fonte: Cleofas.com

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

MISSA AMANHÃ QUARTA-FEIRA

Amanhã quarta-feira 07/01/09, logo mais às 19:00 horas Santa Missa na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição e São João Batista.

Animação: Grupo de Jovens Associados à Igreja Católica – GRUJAIC. Celebrante: Pe Theodoro Snijders.

EVANGELHO DO DIA (Mc 6,34-44)

Terça-Feira, 6 de Janeiro de 2009
Terça-feira depois da Epifania


— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, 34Jesus viu uma numerosa multidão e teve compaixão, porque eram como ovelhas sem pastor. Começou, pois, a ensinar-lhes muitas coisas. 35Quando estava ficando tarde, os discípulos chegaram perto de Jesus e disseram: "Este lugar é deserto e já é tarde. 36Despede o povo para que possa ir aos campos e povoados vizinhos comprar alguma coisa para comer". 37Mas, Jesus respondeu: "Dai-lhes vós mesmos de comer". Os discípulos perguntaram: "Queres que gastemos duzentos denários para comprar pão e dar-lhes de comer?" 38Jesus perguntou: "Quantos pães tendes? Ide ver". Eles foram e responderam: "Cinco pães e dois peixes". 39Então Jesus mandou que todos se sentassem na grama verde, formando grupos. 40E todos se sentaram, formando grupos de cem e de cinqüenta pessoas. 41Depois Jesus pegou os cinco pães e dois peixes, ergueu os olhos para o céu, pronunciou a bênção, partiu os pães e ia dando aos discípulos, para que os distribuíssem. Dividiu entre todos também os dois peixes. 42Todos comeram, ficaram satisfeitos, 43e recolheram doze cestos cheios de pedaços de pão e também dos peixes. 44O número dos que comeram os pães era de cinco mil homens.

- Palavra da Salvação.
- Glória a vós, Senhor.

domingo, 4 de janeiro de 2009

TERÇO DA FAMÍLIA AMANHÃ 05/01/09


Que bom seria se, a partir de hoje, acolhendo o convite da Pastoral Familiar de Apodi, os cristãos individualmente e as famílias procurassem recuperar esta maravilhosa tradição que pode contribuir muito na construção de uma sólida espiritualidade individual e familiar.

O Rosário foi para muitas famílias, e continua sendo para outras, a oração da família e a oração pela família. Muitos lembram aqueles encontros com saudade. Com certeza, favorecia a união e a espiritualidade familiar. É preciso não perder, ou recuperar, esta preciosa herança.

A família que reza o Rosário segue o exemplo da família de Nazaré: põe Jesus no centro, partilha com Ele alegrias e sofrimentos, coloca nas suas mãos necessidades e projetos, de Jesus recebe a esperança e a força dos pequenos.

Rezar o Rosário com os filhos, educando-os desde a tenra idade para este momento diário de espiritualidade familiar, pode não trazer a solução de todos os problemas, mas é uma ajuda espiritual que não se deve subestimar.

Peçamos à mãe, que o Filho nos atenderá! Ou como dizia um santo: “Planta Maria, colhe Jesus”.

Amanhã “Terço da Família”
Horário: 18:00 horas
Residência: Dona Bia
Local: Rua: Pedro Velho
Bairro: Malvinas
Responsável: Pastoral Familiar Apodi
Cidade: Apodi – RN